Petrobras nega que tenha recebido denúncias sobre licitação

Caso não consiga visualizar, clique aqui.

Petrobras
INFORMAÇÕES, FOTOS, GRAVAÇÕES DE ÁUDIO E VÍDEO
EM 
WWW.PETROBRAS.COM.BR/AGENCIAPETROBRAS
Nota à imprensa
11 de julho de 2011
 

Petrobras nega que tenha recebido denúncias sobre licitação

A Petrobras rechaça as acusações de fraude e nega que tenha recebido denúncias sobre licitação conforme a matéria “Empresa diz ter alertado Petrobras sobre fraude”, do jornal O Estado de S. Paulo de hoje (11).

Segundo informações prestadas pela Ouvidoria da Petrobras – área subordinada ao Conselho de Administração, com autonomia de ação e tratamento sigiloso das demandas – a informação enviada pela Seebla em 24 de maio de 2011 (protocolo 03-730) não se refere à licitação ou contratos e não cita a empresa Manchester.

A Ouvidoria entrou em contato com a Seebla, solicitando outras informações e se dispondo a realizar uma reunião com a empresa. Em 7 de julho, a empresa solicitou que a reunião fosse realizada em 8 de julho. No entanto, no dia 8, a Seebla enviou e-mail, pedindo o cancelamento da reunião.

A Petrobras esclarece ainda que o gerente citado na reportagem de hoje (11) nunca se reuniu com representante ou recebeu denúncias de parte da Seebla. Os dois gerentes citados nas matérias do jornal não têm qualquer relação com a licitação, gerenciamento ou fiscalização dos contratos citados.


Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional
Telefone: 55 (21) 3224-1306 e 3224-2312
Plantão: 55 (21) 9921-1048 e 9985-9623
Fax: 55 (21) 3224-3251
imprensa@petrobras.com.br

 

 

Microsoft anuncia fim do suporte ao SP1 do Windows Vista

 

 

Caro blogueiro,

 

Hoje é o último dia de suporte ao Windows Vista Service Pack 1. Para garantir a segurança dos computadores, a recomendação da Microsoft é que seja feita a atualização para o Windows Vista Service Pack 2 ou, ainda melhor, para o Windows 7, versão mais recente do consagrado sistema operacional da empresa.



Veja mais detalhes no blog da Microsoft Brasil.

 

 

Obrigada,

 

Priscyla Alves

Gerente geral de Windows Consumer

 

Insônia

Assisti TV até sentir sono. Fui para o quarto. Revirei na cama até perceber: o sono foi embora. Fui estudar. Peguei a matéria mais chata: redação oficial. Comecei a cochilar sobre a apostila. Fui para o quarto. Revirei na cama até perceber: a insônia voltou. Fui passar roupa. Passei várias peças até o sono voltar. Fui para o quarto e revirei na cama até perceber que não ia mesmo conseguir dormir. Fui ler um livro que eu tinha abandonado há alguns meses. Achei-o interessante e resolvi lê-lo até 6h da manhã. Fiz café. Tomei com açúcar e Toddy. Comecei as atividades do dia, mas não sem antes abrir a janela do quarto para deixar a insônia sair.